OMS pretende considerar velhice como doença
13 OUT 2021 - Atualizado em: 25/10/2021 às 13:03

Você que tem mais de 60 anos se sente doente? A partir de janeiro de 2022 poderá estar!

A Organização Mundial de Saúde está propondo que já a partir do início do ano que vem seja feita uma alteração no CID (Classificação Internacional de Doenças) incluindo o código MG2A, que passa a classificar como doença a velhice.

Parece incrível, mas, é verdade. A mesma OMS que bravamente vem tentando organizar o combate ao Corona Vírus desde o início da pandemia está considerando argumentos que pretendem rotular cada pessoa idosa como uma pessoa doente!

Para entender o que é exatamente esta fase de nossas vidas e as implicações desta medida, seus prós e contras, e como nos afetará, o programa Terceira Visão convidou dois excelentes especialistas para serem entrevistados pelo jornalista prof. Ulysses Silva.

Os professores Diego Felix Miguel, Gerontólogo e Mestre em Filosofia pela USP e Milton Crenitte, Coordenador médico do ambulatório de sexualidade da pessoa idosa do Hospital das Clínicas, falarão sobre o CID MG2A, mas falarão também sobre o papel do idoso na nossa sociedade e como nós os enxergamos e tratamos.

E já que se estará falando de um tema tabu e a especialidade do Dr. Milton Crenitte é o sexo na terceira idade é claro que se falará também deste outro grande pré-conceito.

“O Brasil hoje já tem a 5ª maior população idosa do mundo, há 50 anos éramos 1 milhão e meio de “velhinhos”, prevê-se que em 2035 teremos o dobro, 3 milhões. Nossa sociedade estará preparada para dar condições dignas de vida para esta enorme população de “inúteis”? questiona o jornalista. “Não deixe de assistir, um dia você chegará lá”.


Participe dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram